Fotografia – Componente Teórica (3): A Objectiva

A objectiva é uma das partes mais importantes da máquina fotográfica. É um dispositivo óptico composto por um conjunto de lentes utilizado no processo de focalização da cena a ser fotografada. A objectiva é responsável pelo enquadramento e pela qualidade óptica da imagem.

As objectivas das máquinas fotográficas podem ser divididas em vários grupos que são caracterizados essencialmente pela sua distância focal. Esse número pode variar normalmente entre os 35mm e 200mm, se considerarmos como referência o formato, agora em desuso, da fotografia de 35 mm. A distância focal resulta da medida em milímetros entre o plano focal – local onde se forma a imagem, película ou sensor digital –  e o ponto onde a imagem é invertida depois de entrar na câmara escura.

Objectiva “normal”

Aplicação: Estas objectivas produzem uma imagem com perspectiva que se aproxima da visão normal, em que a proporção dos assuntos enquadrados não sofre ampliação nem redução perceptível. Apresenta portanto, uma visão semelhante à do olho humano.

Objectiva grande angular

Aplicação: Estas objectivas são mais apropriadas para fotos de paisagens ou em ocasiões em que se tem pouca distância para fotografar em recintos pequenos, como por exemplo salas em que precisamos enquadrar o máximo de área possível. Uma outra característica destas lentes é proporcionar grandes profundidades de campo, desde pequenas distâncias até ao infinito. Apresenta distorção da imagem, normalmente um exagero da perspectiva linear e/ou uma distorção em “barril”.

Teleobjectiva

Aplicação: Estas objectivas de grandes distâncias focais são apropriadas para fotografar a longa distância. Quanto maior é a distância focal, maior é a desvalorização da perspectiva e o achatamento da imagem.

Objectiva “zoom”

Aplicação: Este tipo de objectivas não é mais do que uma objectiva que permite variar a distância focal, e por consequência, variam o campo abrangido e o tamanho da imagem. Devido à sua versatilidade e conveniência, as objectivas zoom são talvez as mais populares de todas. Como uma objectiva zoom tem uma distância focal variável de maneira contínua, pode substituir todas as objectivas fixas compreendidas entre as suas distâncias focais máxima e mínima.

Objectiva macro

Aplicação: Estas lentes são indicadas para fotografias de temas de pequena dimensão onde é necessário um grande detalhe. Pode focar objectos a pequenas distâncias, e assim proporciona ao fotógrafo a possibilidade de fotografar detalhes minúsculos de objectos, pequenos insectos, plantas ou micro organismos. Apresenta profundidade de campo muito reduzida e distorções.

Objectiva “olho de peixe”

Aplicação: Estas objectivas são indicadas para situações onde é necessário capturar uma grande área do espaço ou ambiente. Com características de uma grande angular mais poderosa, é capaz de abarcar um ângulo até 180 graus. Provoca grandes distorções na imagem.

Perspectiva

É possível alterar a perspectiva consoante a distância focal – da menor para a maior – como se demonstra neste exemplo. Entre cada fotografia, a distância entre a máquina e objecto foi alterada de modo a manter o tamanho aparente do objecto em primeiro plano.

Trabalho realizado por: João Duarte e Marta Arnaldo – 12ºN 2009/2010

Imagens e compilação: António Marques/ Sala 17

Anúncios