Área de Projecto 2010-2011 12ºP; Tarefas imediatas

Como é sabido, e após a fase de pesquisa concluída, iremos entrar numa fase mais prática de construção de cada um dos produtos finais. Como fio condutor de acção, sugiro aqui as tarefas mais urgentes para levar a cabo neste arranque, isto sem prejuízo de outras que cada um dos grupos possa e deva sugerir.

Discutiremos este assunto mais em pormenor nas próximas aulas… Até lá, pensem nestas sugestões:

Grupo 1 – 7 Pecados

  • Criar uma visualização da peça ou peças a construir (1)
  • Conceber uma visualização do espaço final de exposição (2)

Grupo 2 – Dependentitu

  • Criar uma visualização da peça ou peças a construir (1)
  • Conceber uma visualização do espaço final de exposição (2)

Grupo 3 – PhotoSmile

  • Contactar escolas e obter permissões
  • Criar um guião fotográfico e um exemplo-teste (3)
  • Conceber um cenário transportável
  • Definir o arranjo da iluminação

Grupo 4 – É tempo de União!

  • Criar uma visualização da peça ou peças a construir (1)
  • Conceber uma visualização do espaço final de exposição (2)
  • Inventariar materiais e objectos necessários

Grupo 5 – Fobofobia

  • Criar a(s) personagen(s) do filme – Desenho/ Foto/ Modelagem (4)
  • Criar o storyboard do filme (5)
  • Realizar um ensaio de animação (6)
  • Praticar edição vídeo (programa informático)

(1) As peças bidimensionais devem  ser objecto de um esboço prévio em escala reduzida (min A4 por peça) que defina as características de forma, de cor e de conteúdo temático. As peças tridimensionais devem ser representadas em esboço, em perspectiva e/ou em projecções ortogonais, de modo a demonstrar as suas dimensões e proporções entre as várias partes que as compõem.

(2) A visualização do espaço final de exposição será uma representação do espaço previsto onde irá ocorrer a exibição (através de um esboço ou foto impressa) junto com uma representação da(s) peça(s) a expor.

(3) Realizar testes fotográficos num ambiente conhecido (a escola) com o grupo-turma a fim de testar procedimentos.

(4) Criar as personagens através do desenho/ilustração, desenhando-as em várias expressões faciais e posições. Só depois criar uma figura tridimensional por modelagem.

(5) Existem folhas de storyboard em branco que podem descarregar da internet. O storyboard deve definir quantas cenas e o que se passa visualmente em cada cena. É uma espécie de “história aos quadradinhos” do video que pretendem criar. Vejam também exemplos já concretizados.

(6) Os primeiros ensaios não precisam de ser realizados com o modelo final. pode ser qualquer motivo simples apenas para interiorizar os “timmings” necessários à criação da ilusão de movimento.