Trabalhos finais OA12 UT8 2010/2011; “Representação e Simplificação”

Ver as coisas como elas realmente são… Por vezes não é tão fácil como parece.

Ao fim de quase duas semanas a percorrer os recantos da escola, o resultado está á vista. Pretendiam-se registos rápidos que captassem a noção de profundidade, fazendo-o através da representação dos pontos de fuga presentes no campo visual e das linhas de horizonte que eram perceptíveis no mesmo. O tratamento a tinta da china ou aguarela serviu para complementar a noção de profundidade através da correcta expressão dos valores de claro-escuro que a luz desenha por entre os espaços.

Como professor gostei e… diverti-me!

Turma 12ºP – Esc. Sec. Santa Maria – Sintra

© Sala 17/ António Marques – 2010/2011