Diário Gráfico: “Rapsódia em Vermelho”

Foi um exercício simples, destinado a incentivar a experimentação. Das possíveis configurações que os elementos estruturais mais simples – manchas, linhas e fundos – da linguagem plástica, podem apresentar, materializados em três cores apenas – branco, vermelho e preto – tentou desenvolver-se uma sequência narrativa abstracta em 12 páginas…

Este trabalho pressupunha um plano prévio e o trabalho de Heather Day e de Anish Kapoor como referências.

Trabalhos dos alunos do 12ºN, 2016-2017.

© António Marques/ Sala17 – 2016/2017